Como abrir um negócio com pouco dinheiro

Você está tendo uma ótima ideia e quer traduzi-la para abrir um negócio. Há uma grande advertência, você está com pouco dinheiro. E para a maioria dos aspirantes a empreendedores, conseguir o capital tão necessário é geralmente o maior desafio.

Então, como começar seu próprio negócio sem dinheiro?

Falta de fundos, não deve impedi-lo de perseguir seus sonhos empresariais. Com confiança na sua ideia e uma visão clara de como você vai executá-la, você pode fazê-lo. Depois de ter coberto isso, conseguir os fundos para apoiar o seu sonho pode não ser tão difícil quanto parece.

Abrindo um negócio

Existem dezenas de milhões de pequenas empresas somente nos EUA, e iniciar um novo negócio para competir nesse segmento exigirá muito trabalho e dedicação. Se você sabe como administrar um negócio e tomou as medidas certas para começar um negócio, o dinheiro não deve impedi-lo.

Inicie um negócio sem uma lista de verificação de dinheiro

  1. Mantenha seu emprego atual

Ser prático é extremamente importante quando você está brincando com a ideia de começar um negócio. Você precisa de uma fonte estável de renda antes de poder configurar seu negócio, por isso é aconselhável manter seu trabalho atual. Ao reter seu emprego atual, você estará mais seguro quando precisar correr riscos.

Você precisará, claro, gastar horas extras e trabalhar mais. Mas a transição de ser empregado para proprietário de uma empresa será muito mais suave, já que você não terá despesas adicionais com as quais se preocupar.

  1. Trabalhe na sua ideia de negócio

Chegar a uma grande ideia de negócio é apenas o começo de sua jornada como empreendedor. Existem muitos outros passos que você precisa tomar antes de começar. Desenvolver a sua ideia de negócio é uma delas e é muito importante para o sucesso do seu empreendimento.

Sua ideia de negócio é realmente única? Qual valor irá gerar? É algo que seu público-alvo realmente quer? Ou é algo que você acha que eles querem? Obter respostas para essas perguntas é importante para determinar se sua ideia funciona ou não.

  1. Analise seu mercado e desafios

Você tem uma ideia brilhante que você sabe que definitivamente funcionará, mas e quanto à sua concorrência? Será difícil para um rival copiar sua ideia e reembalá-la de uma maneira melhor? Um potencial investidor perguntará isso quando você se aproximar deles para financiamento. É muito importante entender o mercado em que você atua e sua concorrência.

Você deve primeiro analisar as tendências e identificar os desafios que seu negócio pode enfrentar. O próximo passo é entender como você lidará com esses desafios para permanecer lucrativo.

  1. Avalie suas necessidades de capital

Você precisa de dinheiro para começar o seu negócio, mas quanto você realmente precisa? Sem uma ideia clara, corre-se o risco de apresentar uma avaliação irrealista do seu negócio, o que afasta os investidores e rejeita o seu pedido de empréstimo.

Portanto, antes de começar a pensar em como você deve arrecadar dinheiro, você deve se concentrar em avaliar suas necessidades de financiamento. Quanto você precisa para começar? Como exatamente você vai usar os fundos?

  1. Rede com as pessoas

Quando você não tem dinheiro para começar seu negócio, é essencial encontrar as pessoas certas que podem ajudar. Você pode participar de eventos e feiras onde você pode encontrar potenciais investidores. Você também pode participar de vários fóruns on-line em sites de redes sociais onde você pode encontrar dicas e recursos úteis para dar vida à sua empresa.

A maioria dos capitalistas de risco e investidores é bastante ativa nas mídias sociais, então se você pode impressioná-los com a sua ideia, você pode encontrar uma ótima maneira de começar seu sonho de negócios.

  1. Execute um teste

Quer ter certeza de que sua ideia de negócio é de fato única? Faça um teste e descubra. Um piloto lhe dará a confiança de que você precisa para levar sua ideia ao próximo nível e mitigar o risco. Você pode começar em pequena escala dando alguns brindes para algumas pessoas em seu grupo de público-alvo para ver como eles respondem.

Um pequeno teste pode fornecer alguns novos insights para expandir seus negócios e identificar desafios que você pode ter ignorado.

  1. Recolha de Feedback

Se você está planejando entrar em um negócio completamente novo, seria realmente útil se você tivesse uma segunda opinião de alguém que conhece o mercado e os desafios envolvidos.

Uma ideia de negócio que fica bem no papel pode não ser tão atraente quando você realmente entra nela. A opinião de um especialista pode ajudá-lo a olhar para as coisas de uma perspectiva diferente e ganhar mais conhecimento do que você pode não ter.

  1. Garantir um empréstimo para pequenas empresas se necessário

Existem vários programas de empréstimos destinados a ajudar os empreendedores de primeira viagem a montar seus negócios.

Mas tenha um destino certo para o dinheiro que vai pegar de empréstimo, lembrando também que muitos negócios não exigem esse capital de giro inicial. Por isso, estude e tenha um plano de negócio antes de iniciar.

5 Dicas de SEO para seu site ou blog

Muitas pessoas acreditam que SEO é difícil, mas isso não é verdade. As configurações básicas de SEO são muito fáceis de implementar e, às vezes, isso é tudo o que você precisa fazer para obter a máxima exposição em todos os principais mecanismos de pesquisa.

Se você está procurando um guia rápido com dicas de SEO simples, mas ainda eficazes, então você está na página certa, continue a ler!

1 – Otimize seus títulos, URL e descrições

Esta é provavelmente a ponta mais antiga da indústria de SEO, mas ainda é a mais importante.

Dê uma olhada nos exemplos abaixo e faça a si mesmo estas perguntas: 

  • Qual deles é mais descritivo?
  • Qual deles é cativante e mais amigável para o usuário?
  • Qual delas dá uma boa ideia do que é o site sem clicar?
  • Se você viu os dois nos resultados da pesquisa, qual você escolheria?

Tenho certeza de que o ‘primeiro exemplo’ é a sua resposta às perguntas acima e isso é esperado porque apresenta:

  • Um título único e significativo
  • Uma descrição cativante
  • Um URL bem formatado

Examine o seu site usando esta maneira de pensar e se há espaço para melhorias em seus títulos e descrições, esta é sua primeira prioridade e um grande primeiro passo para obter melhores classificações.

2 – Fornecer conteúdo útil e fresco

Uma das razões pelas quais você tem um site ou blog é fornecer conteúdo para criar um público-alvo, manter seus leitores atuais satisfeitos ou conquistar novos clientes.

Por conteúdo, queremos dizer qualquer coisa, desde artigos, vídeos, infográficos, apresentações de slides, músicas, comentários, críticas ou qualquer outra coisa que seja adequada ao seu nicho.

Se o seu conteúdo é estático, antigo ou desatualizado, é muito provável que seus visitantes desapareçam rapidamente e nunca mais voltem.

Qual é a sua primeira reação quando você visita um site com conteúdo desatualizado? É exatamente o mesmo que os usuários que visitam seu website.

Um par de anos atrás, costumávamos dizer aos nossos clientes que a atualização não era um fator de SEO muito importante, mas isso mudou devido à concorrência.

Há uma grande concorrência em cada palavra-chave que você pesquisa e os sites que têm o conteúdo mais útil e atualizado têm mais chances de vencer a corrida.

3 – Melhore o tempo de carregamento do seu site

A velocidade da página é um fator de classificação, se esta é a primeira vez que você está lendo a velocidade da página é importante para SEO, em seguida, logo após a leitura deste post, você deve fazer o que for necessário para melhorar o tempo de carregamento do seu site.

Se você já leu sobre isso antes e ainda não fez nada a respeito, está cometendo um grande erro.

Porque isso é importante, vou mantê-lo simples:

A velocidade da página é um fator de classificação – se você tiver dois sites semelhantes e o outro for mais rápido do que o outro, você pode esperar que ele também seja mais alto (desde que outras coisas sejam iguais).

Sites mais rápidos geram mais conversões – Isso significa mais vendas, mais assinantes de RSS e mais cliques em seus anúncios (se você estiver usando o Adsense, por exemplo).

Mais visualizações de páginas – quando um site é carregado, os usuários mais rápidos provavelmente visitarão mais de uma página antes de sair.

Como você pode melhorar a velocidade do seu site? Eu sei que não é uma tarefa fácil, especialmente se você não é uma pessoa técnica, mas é importante lidar com a velocidade da página sem mais atrasos.

4 – Certifique-se de que o seu site é compatível com dispositivos móveis

Existem muitas razões pelas quais o seu site deve ser compatível com dispositivos móveis.

Em primeiro lugar, é o fato de que a maioria dos usuários é proveniente de dispositivos móveis. Se você consultar seus relatórios do Google Analytics e, especialmente, o relatório “Visão geral sobre dispositivos móveis” (encontrado em AUDIÊNCIAS / CELULAR), você perceberá que mais de 70% do tráfego é proveniente de dispositivos móveis. Isso significa que, se seu site não estiver otimizado para visualização em dispositivos móveis, essas pessoas deixarão seu site e provavelmente nunca mais voltarão.

Em segundo lugar, o Google introduziu um “índice mobile-first”, que é usado para indexar sites móveis. Gradualmente, este índice móvel servirá todos os usuários móveis. Se o seu site não for compatível com dispositivos móveis, não fará parte do índice para dispositivos móveis do Google, o que significa uma enorme queda no tráfego.

  • O que você deveria fazer? Três etapas simples:

Teste seu website com o Teste Amigável para celular do Google e tente implementar as recomendações para tornar seu website otimizado para celular.

Certifique-se de que o conteúdo exibido para os usuários de dispositivos móveis seja o mesmo (ou muito próximo) do conteúdo que você tem no site do seu computador. Isso inclui conteúdo, imagens e links. Se você já tem um site responsivo, isso não deve ser um problema.

Teste seu website com o teste de velocidade do celular do Google . Eu mencionei acima que a velocidade é importante para SEO, mas para sites móveis também é fundamental. Meça quanto tempo leva para carregar suas páginas em conexões móveis normais (3G) e tome todas as ações necessárias para melhorar a velocidade o máximo possível.

5 – Registre seu site com as ferramentas para webmasters do Google e do Bing

Em um post anterior, quando eu estava explicando os 10 erros mais comuns de SEO , mencionei que não ter seu site registrado com ferramentas para webmasters é como dirigir com os olhos fechados.

Isso é verdade e não consigo pensar em nenhuma razão válida para explicar por que você não deve aproveitar a grande quantidade de informações fornecidas pelo Google e pelo Bing.

Algumas pessoas acreditam que, ao não registrar seu website no Google, você pode “ocultar” as coisas delas, passar despercebido e chegar ao topo dos resultados da pesquisa.

Este não é um jogo de ‘esconde-esconde’, bons rankings de longo prazo só podem ser alcançados se você seguir métodos e técnicas válidos.

  • setembro 28, 2018
  • Seo
Gerar Lead

O que é lead e como gerar

Saber o que é lead e como gerar é algo fundamental para toda pessoa que tem um site na internet, ainda mais para quem deseja aumentar o seu faturamento por meio dessa ferramenta de marketing digital. Porém mais do que gerar leads, é necessário que eles também sejam nutridos.

De maneira geral, os leads são como aquelas pessoas que seriam possíveis compradores de uma loja e/ou que sentem um grande interesse no produto e/ou serviço que a mesma lhes está oferecendo. E são elas que poderão trazer lucros para o site, seja ele pessoal ou comercial.

Ao compreender a importância dos leads, neste post você poderá aprender o que é lead e como gerar mais para o seu site. Confira:

O que é lead?

Conforme citado acima, os leads seriam aquelas pessoas e/ou empresas que visitam o site e sentem interesse no conteúdo do mesmo, assim como nos produtos e/ou serviços da mesma. Tais pessoas são mais propensas a se tornarem clientes e adquirirem o que o site está oferecendo.

O segredo do sucesso de um site está em saber o que é lead e como gerar cada vez mais tráfego para o site. E é justamente como gerar mais leads que você irá aprender no próximo tópico.

Como gerar mais leads?

 Para gerar leads e fazer com que o site seja um sucesso, é necessário usar algumas estratégias de marketing. Logo abaixo você poderá descobrir quais são as mais eficazes para gerar leads.

Produza e-books

Os famosos livros digitais são grandes aliados no momento de gerar leads. Além disso, eles são ideais para que o site possa divulgar o seu conteúdo e aumentar a informação que os seus seguidores tem sobre o assunto abordado no site.

A grande vantagem desse tipo de ferramenta para gerar leads é que ela pode ser facilmente divulgada nas mais diversas redes sociais. Por meio dos e-books você gera leads por meio do conteúdo e fazendo com que o seu site seja reconhecido pelo público-alvo como uma referência no mercado.

Invista e Webinars

Depois de saber o que é lead e como gerar, invista em Webinars. Essa ferramenta nada mais é do que uma apresentação online. Ela pode ser feita por meio de uma palestra e até mesmo pela apresentação de slides por meio da internet.

Essa ferramenta é ideal para quem deseja ter um contato mais próximo com o público-alvo. Por meio dela, as possibilidades das pessoas que assistiram o Webinar se tornar um lead são maiores do que usando os e-books, pois eles não só se identificam com o conteúdo, como também com que a está apresentando.

Ofereça informações

Essa é considerada a maneira mais simples, porém não menos eficaz, de gerar leads. Aqui, você precisa manter o seu público-alvo sempre informado sobre todas as novidades que acontecem no seu site. Você pode indicar quando o site estiver fazendo uma nova promoção, tenha um novo produto ou até mesmo está disponibilizando um serviço ao seu público.

Ao fazer isso, você estará “educando” os leads que já possui e gerando mais. É importante destacar que esse processo necessita ser contínuo, pois quanto mais informação seu site tiver, maiores serão as chances de gerar leads.

Se você chegou até aqui, certamente compreendeu o que é lead e como gerar mais para o seu site. É válido destacar que esse processo de geração de leads é crucial para que o seu site continue crescendo, sem ele você não conseguirá faturar com a sua página na internet. Afinal, são os leads que irã comprar os seus produtos e/ou serviços.

 

 

 

 

 

  • julho 26, 2018
  • Dicas